Onde você está:

DIREÇÃO DEFENSIVA: COMO DIRIGIR BEM EM SÃO PAULO

Hoje, 21 de abril, é o dia nacional da paz no trânsito e, se você é de cidade grande e dirige com frequência, ou até mesmo trabalha dirigindo, sabe o quanto pode ser estressante e desafiador.

Tá no coração de todos os motoristas que todo dia a gente precisa aprender mais a dirigir por nós e pelos outros. Por isso, reunimos algumas dicas de direção defensiva, afinal, para manter a paz no trânsito é fundamental ter cautela e gentileza.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on facebook

Hoje, 21 de abril, é o dia nacional da paz no trânsito e, se você é de cidade grande e dirige com frequência, ou até mesmo trabalha dirigindo, sabe o quanto pode ser estressante e desafiador.

Tá no coração de todos os motoristas que todo dia a gente precisa aprender mais a dirigir por nós e pelos outros. Por isso, reunimos algumas dicas de direção defensiva, afinal, para manter a paz no trânsito é fundamental ter cautela e gentileza.

Gringo, o que é direção defensiva?

A Direção defensiva é, basicamente, um conjunto de técnicas e procedimentos na hora de dirigir, que ajudam a diminuir o risco de acidentes no trânsito, por exemplo, sempre dar seta e sempre usar o cinto de segurança.

Vou explicar algumas dicas básicas de direção defensiva aqui neste artigo, que podem parecer simples, mas que são fundamentais para manter a paz no trânsito.

Se você tiver alguma sugestão ou dica também, comenta aqui embaixo para os outros motoristas.

Dica 1 – Manter a distância

Eu sei que para motoristas iniciantes, ter essa noção de espaço é um pouco difícil, mas você vai pegando o jeito com o tempo. O ponto principal é: mantenha uma distância mínima do veículo da frente, não ande colado! Pois se ele precisar parar de repente, não vai causar um acidente. 

Aqui em São Paulo chove muito, e não é atoa que chamam de terra da garoa, né? Mas essas garoas são super perigosas, porque molham a pista que já é carregada de óleo, e com isso fica super escorregadia. Nesse momento, além de ter muito mais cuidado e atenção, também é importante duplicar a distância de outros veículos. 

Inclusive, você que é motoqueiro, cuidado ao costurar o corredor no trânsito!

Dica 2 – Atenção e foco na direção

Fique sempre atento, a direção é a sua atividade principal! 

Não deixe de prestar atenção em tudo ao seu redor, não só nos veículos à sua frente. Preste atenção nos espelhos e veja se tem algum motociclista, ciclista ou pedestre se aproximando. Fique atento também com os buracos e quebra-mola sem pintura. 

E se vc é motoca, nem preciso falar, né? Corredor em São Paulo é rota de motoqueiros. É difícil para muitos motoristas de carro entenderem isso quando estão no trânsito. Mas quando estão em casa, esperando que a encomenda dele chegue o mais rápido possível, não é difícil de entender, né?!

Para os motocas que usam o corredor: atenção redobrada nas setas, no movimento dos carros, se ver que apertou não passe e se o seu colega de trás está mais rápido que você, ceda a passagem. Se você parou e viu que a moto não vai passar entre os dois carros, espere eles se movimentarem. 

O seu ouvido tem que estar atento! Atento às buzinas, a aproximação de outras motos, de outros carros. Prever o que o motorista vai fazer, pode ser essencial na sua tomada de decisão.

É melhor demorar mais uns minutinhos, mas chegar seguro e com vida, beleza?

Dica 3 – Dê seta e respeite a seta alheia

A gente sempre encontra aquela galera que esquece da seta, né? É uma coisa que une todas as tribos, os motoristas, os ciclistas, os motociclistas, os pedestres. Todo mundo já teve aquele momento que soltou a frase “DÁ SETA P$%¨#!”.

Então, não seja essa pessoa! A seta é obrigatória e não usar é muito perigoso. Você deve usar SEMPRE que for trocar de via, ultrapassar e fazer conversões, retornos, mudanças de faixa, enfim. Isso você aprendeu na autoescola, então use.

Dica 4 – Manutenção

Já citamos aqui nesse vídeo sobre a importância da manutenção, depois, dá uma olhada para entender tudo direitinho.

Ter a manutenção em dia é importante demais pra você ter respostas do seu veículo quando precisa, por exemplo a falta de freio ou o pneu careca, que pode deslizar na pista e causar acidente. 

Então fique de olho na manutenção e não fica empurrando com a barriga! 

Dica 5 – Fique atento aos pedestres

Essa dica parece meio óbvia, mas não custa avisar: cuidado com os pedestres!

A gente aprende no CFC que o pedestre tem preferência sempre, mas tem muita gente que ignora. Quando o pedestre está parado na faixa e não tem semáforo, para e deixa ele(a) passar, além de ser o correto a fazer, é muito mais gentil com as pessoas ao seu redor. 

Mas não é só isso, muitas vezes os pedestres atravessam fora da faixa e você precisa ficar de olho para conseguir frear ou diminuir a velocidade nessas situações. Então, nada de ficar mexendo na mochila ou conversando no whatsapp, tá? Afinal de contas, todo mundo antes de ser motorista, também é pedestre.

Inclusive, é em uma situação destas que você pode levar uma multa auto suspensiva, viu? Fique de olho e se quiser saber mais sobre esse tipo de infração, é só clicar aqui

E você, pedestre, também preste atenção! Deixe o celular um pouquinho de lado, foque na pista e atravesse na faixa!

Tenha empatia e respeito pelo próximo

É super normal alguém esquecer qualquer um desses conselhos, esquecer a seta, colar demais no outro carro, escapar alguma manutenção do carro. Isso é normal e acontece mais do que imaginamos. O que não pode ser normal, é alguém perder a vida em uma briga de trânsito por situações como essas.

Tenha empatia! Relevar, esquecer, respirar fundo e seguir em frente, é o melhor conselho para evitar uma discussão e uma briga. Essa é a nossa dica mais importante: não vai perder a cabeça só porque você está no trânsito. 

O trânsito numa cidade grande como São Paulo pode desestabilizar nosso emocional.

Tipos de direção defensiva

Existem dois tipos de direção defensiva que são abordados nos cursos de autoescolas: a direção defensiva preventiva e a direção defensiva corretiva.

Na direção preventiva, o motorista deve antecipar os riscos. Ou seja, o condutor dirige com atenção, avaliando suas condições físicas e mentais, assim como a via. Consciente das limitações, trafega de acordo com a realidade apresentada pelo ambiente.

Já na direção corretiva, o condutor precisa agir com rapidez para corrigir uma situação de perigo que não pode ser antecipada. Como exemplos de situações corretivas podemos citar: prestar auxílio a vítimas, sinalizar o local, contatar as autoridades e serviços de assistência médica, dentre outros. 

Curso de direção defensiva

Existem diversos cursos de direção defensiva para condutores habilitados, sejam cursos online ou presenciais. E de acordo com a Resolução nº 168 do Contran, os principais assuntos que devem ser abordados no curso de direção defensiva para veículos de duas ou mais rodas são:

  • Conceito de direção defensiva;
  • Conduzindo em condições adversas;
  • Conduzindo em situações de risco (cruzamentos e curvas, ultrapassagens, frenagem normal e de emergência, derrapagem e ondulações e buracos);
  • Como evitar acidentes em veículos de duas ou mais rodas;
  • Abordagem teórica da condução de motocicletas com passageiro e ou cargas;
  • Cuidados com os demais usuários da via;
  • Respeito mútuo entre condutores;
  • Equipamentos de segurança do condutor motociclista;
  • Estado físico e mental do condutor, consequências da ingestão e consumo de bebida alcoólica e substâncias psicoativas;
  • Situações de risco.

Por aí na internet, você vai achar vários cursos oferecidos por instituições governamentais e privadas, lembre-se de pesquisar bastante e se certificar da qualidade e idoneidade do curso que pretende fazer, beleza?

Princípios básicos da direção defensiva

Bom, nós já falamos sobre várias dicas de como dirigir bem em SP, mas é claro que essas não são as únicas. E para que a direção defensiva seja eficiente e segura para todos ela precisa ser realizada com base em alguns princípios. 

Com esses princípios e as dicas que já mencionamos,com certeza você terá todo o material necessário para fazer a coisa certa no trânsito! Então vamos lá, os princípios da direção defensiva são 5:

  • Conhecimento: o motorista deve ter alguns conhecimentos técnicos para poder dirigir com responsabilidade e dentro dos padrões estabelecidos. São eles: domínio da legislação de trânsito, veículo, equipamentos e ferramentas utilizadas, as vias, localidades e as condições adversas que podem encontrar.
  • Atenção: A direção defensiva depende muito do nível de atenção do motorista. Assim, é preciso que ele esteja focado e consciente de tudo aquilo que está fazendo, podendo agir com precisão e agilidade caso algum imprevisto ocorra.
  • Habilidade: tem relação com a perícia, aptidão obtida com o tempo e prática na direção de um veículo. Ela é essencial, pois uma das bases para a direção defensiva é justamente estar preparado para agir em situações inesperadas.
  • Previsão: tem a ver com a capacidade do motorista prever situações que fujam da normalidade e do seu controle. A simples antecipação de riscos já é suficiente para colocar o motorista em estado alerta, evitando ser surpreendido. 
  • Decisão: tão importante quanto ter conhecimento, habilidade e prever situações de risco, é saber como reagir a cada uma delas. É preciso estar preparado para avaliar bem cada situação, agindo com calma para que a melhor decisão seja tomada.

E antes de finalizar, vamos bater um papo cabeça!

Entre 2015 e 2019, o número de mortes no trânsito aqui no Brasil foi reduzido de 45 mil para 30 mil por ano, segundo o DataSUS. Olhando assim, são só números, mas quando pensamos em pessoas, como nossos amigos, irmãos, tios e primos, fica muito mais fácil enxergar o quanto isso é importante.

Isso tudo é reflexo de algumas ações tomadas pelo Governo, como campanhas de educação de direção defensiva e responsável, programas como a Lei Seca e blitz de monitoramento e atualizações no CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Um desses programas é a Semana Nacional de Trânsito, que acontece entre os dias 18 e 25 de setembro de todos os anos e o objetivo é conscientizar geral, todo mundo mesmo, desde pedestres até os motoristas de caminhão. Ela é realizada por alguns órgãos como Contran e Cetran. São várias palestras e eventos com especialistas sobre temas super relevantes.

Isso é um lembrete de que ter consciência e responsabilidade no trânsito salva vidas. Feliz Dia Nacional da Paz no Trânsito! 

Então, não esqueçam de ser gentis no trânsito, manere sempre no uso da buzina, use a seta, fique sempre com os olhos e a atenção voltadas a tudo ao redor e mantenha distância do veículo da frente. 

AH! E ainda assim, se você seguir nossas dicas e levar aquela multa que dói no bolso, pode contar o Gringo e paracelar todas as suas multas, inclusive as vencidas, tá bom? – clique aqui para ver como é fácil 

Não esqueçam de se inscrever no canal do Gringo no youtube e seguir nossas redes sociais. Se ficou alguma dúvida, comenta com a hashtag #ChamaoGringo e compartilhe essas informações com seu amigo ou amiga recém habilitado.

Este conteúdo faz parte da missão da Gringo, de simplificar a vida do motorista Brasileiro. Saiba mais sobre os nossos serviços e a nossa história.

Resumo:

Então vamos recapitular?

A Direção defensiva é, basicamente, um conjunto de técnicas e procedimentos na hora de dirigir, que ajudam a diminuir o risco de acidentes no trânsito, algumas dicas são: manter a distância do carro da frente, ter atenção e foco na direção, usar a seta sempre, manter a manutenção do carro em dia e prestar atenção nos pedestres.
Esquecer algumas dicas ou bons comportamentos no trânsito é normal, mas tenha empatia! Relevar, esquecer, respirar fundo e seguir em frente, é o melhor conselho para evitar uma discussão e uma briga.
Existem dois tipos de direção defensiva que são abordados nos cursos de autoescolas: a direção preventiva, em que o motorista deve antecipar os riscos, e a direção corretiva em que o condutor precisa agir com rapidez para corrigir uma situação de perigo que não pode ser antecipada.
Existem diversos cursos de direção defensiva online ou presenciais e os principais assuntos que devem ser abordados são: Conceito de direção defensiva; Conduzindo em condições adversas; Conduzindo em situações de risco; Como evitar acidentes; Cuidados com os demais usuários da via, dentre outros.
Para que a direção defensiva seja eficiente e segura para todos ela precisa ser realizada com base em alguns princípios. São eles: conhecimento, atenção, habilidade, previsão e decisão.
O número de mortes no trânsito aqui no Brasil foi reduzido nos últimos anos e isso é um reflexo de algumas ações tomadas pelo Governo, como campanhas de educação de direção defensiva e responsável, programas como a Lei Seca e blitz de monitoramento e atualizações no CTB.

2 respostas

    1. Obrigada pelo comentário, Antônio. Estamos aqui sempre que precisar! 🙂 #chamaogringo 🚗

O que achou do artigo?

Assine para receber conteúdos semanais exclusivos do Gringo.

Ao assinar a newletter, eu declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo o uso das minhas informações pela Gringo.

Assine para
receber
conteúdos
exclusívos.

E-mail